Terapia Ocupacional


A terapia ocupacional atua na prevenção, avaliação e intervenção nos problemas de desempenho ocupacional, temporários ou permanentes, capacitando as pessoas em risco de ou com disfunção ocupacional para a realização das atividades do quotidiano. O objetivo terapêutico visa maximizar o equilíbrio e a adaptação entre o que a pessoa quer e necessita fazer, e a sua competência para o realizar, conferindo a possibilidade de desempenho dos diversos papéis e funções do dia-a-dia com independência e autonomia.     

Os terapeutas ocupacionais que integram a multidisciplinar estão registados na Administração Central do Sistema de Saúde e dispõem de uma ampla experiência, acumulada ao longo dos anos no tratamento de variadas patologias:

  • Perturbações na motricidade fina;
  • Perturbações na motricidade global;
  • Perturbações no controlo motor;
  • Dificuldades de coordenação óculo-manual;
  • Défices de atenção e de autocontrolo;
  • Inadaptação a novas limitações físicas e/ou psicossociais;
  • Alterações no padrão normativo do desenvolvimento de competências motoras, cognitivo-percetivas e sensoriais;
  • Dificuldades na gestão da vida diária;
  • Défices no autocuidado.